Carros sujos podem chumbar na inspeção a partir deste domingo

Novas normas que tornam mais exigente a inspeção periódica dos veículos entram em vigor

0 aos 100 01/11/2020 Noticias

A obrigatoriedade do carro estar limpo para permitir a realização de todas as observações e verificações exigidas é só uma das novas regras para a inspeção automóvel que entram em vigor este domingo, dia 1 de novembro. 

A lavagem de estrada ou de motor sempre foi aconselhada antes dos carros irem à inspeção, mas agora a a a falta de asseio ou conservação de elementos no interior ou exterior das viaturas é agora considerada uma deficiência de tipo 2, que dá direito a chumbo.

“Sempre que as condições de limpeza prejudiquem as observações durante a inspeção, o veículo deve ser reprovado”, diz uma portaria publicada em Diário da República, em julho, pelo Instituto da Mobilidade e dos Transportes.

A partir de gora os inspetores também vão ser mais exigentes nas vistorias obrigatórias que passam pela verificação dos travões; direção, vidros e faróis, eixos, rodas, pneus e emissões de gases.

Veja ainda: 

Outra das novidades nas regras passa pela fiscalização do número de quilómetros entre inspeções para detetar se houve ou não manipulações no conta-quilómetros de veículos usados para os vender.

No âmbito das emissões de gases os veículos a diesel que ainda possuem o software de origem que falseia os dados da poluição são chumbados pelos inspetores.

Assim o novo quadro normativo vem enquadrar "as inovações tecnológicas desenvolvidas pela indústria automóvel e a inerente necessidade de atualização dos métodos e procedimentos de inspeção aplicáveis", pode ler-se na deliberação do IMT.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Nissan Juke 1.0 DIG-T N-Design: Perfil ganhador
Toyota Yaris 1.5 híbrido. Espécie evoluída