Mercedes-Benz vai abandonar motores Diesel da Renault

Motores de 1.5 litros vão ser substituídos por um motor de 2 litros de origem Mercedes-Benz

0 aos 100 16/10/2020 Noticias

A Mercedes-Benz prepara-se para abandonar os motores a gasóleo de origem Renault, nomeadamente o 1.5 dCi de 116cv, utilizado nos modelos compactos, no Classe A e Classe B, e respetivas derivações.

O primeiro passo, de resto, já foi dado com o GLB 180d e o novo GLA 180d, que viram o motor 1.5 dCi substituído por um motor de 2 litros (1950cc), o mesmo dos 200d e 220d, embora com a mesma potência do motor 1.5 dCi, ou seja, 116cv.

Segundo o francês L’Argus, este motor de 2 litros vai agora estender-se a todas as variantes do Classe A e Classe B. Só o CLA 180d continuará a manter por mais algum tempo a configuração atual, com o motor 1.5 dCi.

Veja ainda:

A introdução do motor de 2 litros permite ainda substituir a atual caixa automática de sete velocidades pela mais evoluída 8G-DCT de oito velocidades.

A desvantagem deste novo motor de 2 litros é mesmo o preço, uma vez que é mais penalizado em termos fiscais, sendo que o GLA 180d está disponível a partir de 41.200 euros.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva
DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente