Reino Unido estreia matrículas verdes para elétricos

Uma barra verde passa a distinguir os veículos elétricos britânicos dos restantes

0 aos 100 01/09/2020 Noticias

O Reino Unido começou a atribuir matrículas verdes a veículos... “verdes”, nomeadamente veículos cem por cento elétricos ou fuel cell (pilha de hidrogénio).

O objetivo da medida, que arrancou neste dia 1 de setembro, é indicar o seu estatuto como veículos zero emissões, servindo não só para incentivar a população a adotá-los como também para beneficiá-los no acesso a filas de trânsito prioritárias, como faixas bus, ou identificá-los mais facilmente quando entram numa zona de trânsito limitado.

Segundo o secretário dos Transportes britânico, Grant Shapps, a solução “destina-se a tornar mais fácil a identificação deste tipo de veículos, ajudando as autoridades a controlar a sua presença”, numa fase em que estão previstas novas medidas destinadas a incentivar a sua utilização.

Shapps pretende promover a redução nos custos de estacionamento, bem como a entrada gratuita em zonas vedadas (ou taxadas) a veículos poluentes.

Veja ainda:

Atualmente, estas matrículas com barra vertical a verde já são utilizadas em países como a China, Noruega, Canadá e Japão (aqui para veículos kei car, citadinos até 660 cc).

Esta é, de resto, uma das medidas que o governo britânico pretende adotar com vista a atingir a neutralidade das emissões para a sua frota automóvel em 2050. Antes, em 2035, pretende proibir a comercialização de veículos novos alimentados a gasolina e gasóleo.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Mercedes-Benz B 250e: ora elétrico, ora gasolina!
Ao volante do Hyundai Kauai Hybrid. Inteligência funcional