Porsche investiga suspeitas de manipulação de motores a gasolina

Em investigação os motores a gasolina construídos entre 2008 e 2013

0 aos 100 24/08/2020 Noticias

A Porsche anunciou que deu início a uma investigação interna sobre suspeitas de manipulação dos seus motores a gasolina, de acordo com o jornal alemão Bild am Sonntag.

O construtor alemão já informou o orgão fiscalizador da indústria automobilística da Alemanha, a KBA, assim como as autoridades alemãs e americanas sobre as suas suspeitas em relação a alterações ilegais de hardware e software que podem afetar os sistemas de escape e vários componentes do motor, refere a Autonews Europe.

“A Porsche está regularmente e continuamente a rever aspectos técnicos e regulatórios dos seus veículos”, disse um porta-voz da marca. “Como parte destes exames internos, a Porsche identificou problemas e, assim como no passado, informou proativamente as autoridades.”

O mesmo porta-voz afirmou que esses problemas envolviam modelos mais antigos, acrescentando que a atual produção não estará afetada.

Veja ainda:

Quanto a modelos envolvidos, o Bild am Sonntag afirma que os motores produzidos entre 2008 e 2013 foram o objeto da investigação, nomeadamente os que equipam os modelos Panamera e 911 da época.

O jornal não mencionou nenhuma fonte, mas adiantou que a Porsche já teve reuniões com funcionários, reviu protocolos e analisou centenas de milhares de e-mails em busca de pistas - acrescentando que a KBA já iniciou uma investigação oficial.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Mercedes-Benz B 250e: ora elétrico, ora gasolina!
Nissan Juke 1.0 DIG-T N-Design: Perfil ganhador