Miguel Oliveira: 'Não me sinto menos piloto por não ter ganho a primeira corrida pela KTM'

Piloto português disse estar contente por Brad Binder, 'porque pilotou muito bem'

0 aos 100 13/08/2020 Desporto

Miguel Oliveira (KTM) garantiu em conferência de imprensa não ter ficado frustrado por não ter sido ele a dar a primeira vitória da história da MotoGP à marca KTM.

Na conferência de imprensa de antevisão do Grande Prémio da Áustria, que se disputa este fim de semana no Red Bull Ring de Spielberg, o piloto português disse estar contente pelo sul-africano Brad Binder, "porque pilotou muito bem".

"Todos os pilotos querem dar a primeira vitória à fábrica [que representam]. Não me comparo ao Brad ou ao Pol [Espargaró], até porque acho que o Pol gostaria de ter dado à KTM a sua primeira vitória, pois está lá desde o início", disse.

Miguel Oliveira garantiu mesmo não se sentir "menos piloto por não ter ganho a primeira corrida pela KTM".

"Temos é de nos concentrar em aproveitar as próximas oportunidades", sublinhou.

Veja ainda:

O piloto de Almada recordou ainda a prova anterior, na República Checa, em que uma queda na terceira sessão de treinos livres quando seguia na volta rápida o impediu de aceder aos dez primeiros lugares da grelha.

"É complicado ter de ultrapassar alguns pilotos, conseguir fazer ultrapassagens inteligentes e não andar para trás não é fácil. Olhando para os dados da corrida, tínhamos ritmo para lutar pelo pódio, o que acaba por ser positivo", destacou.

Nesta conferência de imprensa, Miguel Oliveira recordou, ainda, as "notícias excitantes" do regresso do MotoGP a Portugal.

"Como piloto português, adorava ter uma prova caseira e isso vai acontecer esta época. Não podia estar mais satisfeito por correr em Portimão. É uma pista super-técnica, muito exigente pelo que acho quer vai ser divertido", concluiu o piloto luso.

O GP da Áustria é a quarta prova do calendário revisto do Mundial de MotoGP, que terá a 14.ª e última jornada no Autódromo Internacional do Algarve, a 22 de novembro.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente
Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva