Preso por fazer réplica de um Ferrari

Está acusado de crime contra propriedade industrial

Miguel Costa 18/01/2018 Noticias

As autoridades espanholas prenderam um individuo acusado de transformar o seu carro num Ferrari e tentar vendê-lo como se tratasse verdadeiro Ferrari.

Segundo revela a agência de noticias Europa Press, o individuo, de 43 anos, transformou o seu velho carro (não foi divulgado qual a marca nem o modelo original) num Ferrari com o objetivo de vender por muito mais do que o que valia na realidade.

A mesma fonte indica que o homem terá modificado a estrutura do modelo original, acrescentando elementos para o tornar o mais parecido com um Ferrari, tendo utilizado inclusivamente logotipos originais da marca de Maranello.

Terminado o trabalho, o individuo, que está acusado de crime contra propriedade intelectual, pôs o carro à venda através de um conhecido portal de compra e venda. Foi aí que soaram os alarmes.

A divisão de Delincuencia Especializada de la Brigada de Provincial de Policía Judicial de Alicante recebeu um alerta sobre possível fraude. Após vários dias de investigação encontraram a réplica do Ferrari numa oficina de Torrellano (Alicante).

Este não é o primeiro caso de cópia ilegal de carros em Espanha. Em fevereiro de 2017, a polícia espanhola desmantelou em Girona uma rede que se dedicava a falsificar modelos Ferrari e Lamborghini a partir de chassis e mecânicas de Peugeot 406 e Toyota MR-2.

Deixe o seu comentário