Como o Covid-19 vai alterar o desenvolvimento dos próximos carros

Construtores de automóveis acreditam que a percepção de segurança será diferente daqui em diante

0 aos 100 03/05/2020 Noticias

O Covid-19 fechou fábricas e adiou o lançamento de inúmeros modelos, mas também terá um impacto mais duradouro, nomeadamente na forma de como os automóveis serão projetados no futuro.

Segundo os responsáveis de alguns construtores, os interiores deverão passar por profundas alterações. Os fabricantes prometem investir em habitáculos mais evoluídos tecnologicamente, com sistemas avançados de filtragem de ar, como já fez a Jaguar Land Rover - que tem testada a utilização de luz ultravioleta para impedir a propagação de bactérias e vírus no sistema do controlo climático.

"A pandemia mudará a nossa percepção de segurança e luxo no futuro", disse o diretor de design da Daimler, Gorden Wagener, em declarações à Bloomberg.

Felix Kilbertus, da Rolls-Royce, sublinha ainda que, "o futuro, mais do que nunca, será sobre a liberdade de se deslocar com segurança, e esses carros serão mais do que nunca importantes quanto ao interior".

Wagemer ainda disse que a Mercedes avalia até como melhorar o ar em redor do veículo. "Estamos a trabalhar na ideia de que o carro pode realmente retirar coisas más do ar e quase limpar ou purificar o ar", disse, sem adiantar detalhes sobre o projeto.

Contudo, a evolução da segurança não deve ficar por aqui. Alarmes e sensores de movimento devem tornar-se mais avançados, como o Sentry Mode da Tesla - que possui cameras e sensores de aproximação, por exemplo.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva
DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente