Nissan inicia produção de ventiladores

Primeiras 20 unidades serão doadas à autoridade sanitária da Catalunha

0 aos 100 17/04/2020 Noticias

A Nissan, a empresa de engenharia QEV Technologies e o centro tecnológico Eurecat, desenvolveram o ventilador Q-Vent, para ser utilizado em hospitais de todo o mundo e especialmente nos países emergentes.

O Q-Vent já foi autorizado pela Agência Espanhola de Medicamentos e Produtos de Saúde (AEMPS) e foi testado nas instalações do Instituto de Investigação do Hospital de Sant Pau - IIB Sant Pau (Barcelona) com excelentes resultados. As primeiras 20 unidades serão doadas à autoridade sanitária da Catalunha - CatSalut - para utilização nas UCI e num estudo clínico em curso para otimizar o equipamento.

«Assumimos, desde o início da epidemia, o desafio de desenvolver um sistema portátil de baixo custo que pudesse chegar a todos os cantos do mundo, especialmente aos países emergentes, onde a Covid-19 poderá causar elevados danos e onde a maioria dos pacientes não tem acesso a ventiladores. Graças ao esforço e vontade de todos, o objetivo foi conseguido», afirma Miguel Valldecabres, CEO da QEV Technologies.

O Eurecat tem sido responsável pelo aconselhamento sobre o design dos componentes e pela produção de alguns deles, bem como pela gestão do processo para a inclusão dos hospitais no estudo clínico.

Veja ainda:

A produção do Q-Vent iniciou-se esta semana na Unidade de Grupos Motopropulsores da fábrica de Barcelona da Nissan, com uma capacidade inicial de 180 unidades por dia.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Mercedes-Benz B 250e: ora elétrico, ora gasolina!
Hyundai Tucson 1.6 TGDi 48V. SUV com personalidade!