Volvo acelera condução autónoma

Novas empresas vão continuar e alavancar o trabalho já iniciado.

0 aos 100 03/04/2020 Noticias

A Volvo Cars anunciou desenvolvimentos em relação às tecnologias para a condução autónoma.

A Zenuity, empresa que desenvolve sistemas avançados de assistência à condução e sistemas de condução autónoma, anunciou que se irá dividir em duas partes. De um lado, ficará uma empresa independente, detida pela Volvo Cars e cujo foco central será o desenvolvimento e a comercialização de software para a condução totalmente autónoma, enquanto a outra metade ficará exclusivamente encarregue dos sistemas de assistência à condução e será integrada na Veoneer, empresa de equipamento de segurança automóvel.

Atualmente, a Zenuity é uma joint-venture detida em partes iguais pela Volvo Cars e pela Veoneer. Ao longo dos últimos anos, a empresa tem vindo a desenvolver uma plataforma sólida de software para utilização em sistemas de condução autónoma e assistência à condução. Estas novas empresas irão continuar e alavancar o trabalho já iniciado.

Como parte do novo acordo, as operações e colaboradores da Zenuity sedeados em Gotemburgo e em Shangai serão transferidos para a nova empresa detida pela Volvo Cars. Por outro lado, as operações e colaboradores, que se mantinham em Munique e em Detroit, serão transferidos para a Veoneer.

Veja ainda:

A nova empresa, ainda que detida pela Volvo Cars, será independente da mesma possuindo o seu próprio canal de distribuição. O seu foco, conforme referido anteriormente, será o desenvolvimento de software para a condução totalmente autónoma que será introduzido na próxima geração de automóveis da marca que serão baseados na nova plataforma SPA2.

«A Volvo Cars pretende introduzir na próxima geração de automóveis, sistemas completamente autónomos de condução em autoestradas. Isto será possível ao permitirmos agora que a nova empresa se foque totalmente no desenvolvimento destes sistemas», explicou Håkan Samuelsson, Chief Executive da Volvo Cars.

Dennis Nobelius, Chief Executive da Zenuity, também comentou a mudança: «Esta nova empresa irá desenvolver software avançado para uma condução autónoma segura. Acreditamos que no futuro, só existirá um número limitado de plataformas globais para a condução autónoma. Pretendemos que uma dessas plataformas vencedoras seja a nossa».

A nova empresa deverá estar operacional durante o terceiro trimestre de 2020.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'
Ensaio ao Mazda3 1.8 Skyactiv-D 116cv Evolve: Direto ao topo