São assim as jantes aerodinâmicas do SUV elétrico da BMW

BMW iX3 chega este ano com 440 km de autonomia

0 aos 100 06/02/2020 Noticias

É um dos modelos mais esperados da BMW, uma vez que marca a transformação da “BMW i”, a submarca elétrica da marca de Munique, para modelos “convencionais”, o que não impede que o iX3 apresente novidades no campo da aerodinâmica.

É o caso de um novo desenho de jantes, as “Aerodynamic Wheels”, mais aerodinâmicas que beneficiarão também os consumos do primeiro SUV elétrico da BMW, que tem lançamento previsto para este ano.

Segundo o construtor alemão, as novas jantes permitirão ao iX3 reduzir o efeito de arrasto em 5 por cento relativamente a um X3 com motor de combustão. Feitas de alumínio com inserções complementares, as novas jantes são 15% mais leves do que as anteriores e terão um efeito de redução do consumo de 2%, aumentando também a autonomia.

Estas jantes que acabam por ter um design variável e, por conseguinte, fruto das inserções, uma variedade de personalizações, também estarão no BMW iNext e i4 que serão lançados em 2021.

Veja ainda:

O primeiro "i" equipado com a quinta geração da tecnologia eDrive contará com baterias de 80 kWh de capacidade (sendo que apenas 74 kWh são utilizados na realidade), para oferecer uma autonomia de 440 km (ciclo WLTP).

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva
DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente