Paulo Gonçalves fora do Dakar2018

Participação lusa nas motos fica reduzida a apenas dois pilotos. Dakar2018 arranca a 6 de janeiro

Miguel Costa 04/01/2018 Noticias

Confirma-se o pior cenário: Paulo Gonçalves está fora do Dakar2018. É a segunda baixa entre a comitiva lusa depois do abandono de Mário Patrão, que teve de ser operado de urgência. O número de pilotos nas duas rodas fica reduzido a Joaquim Rodrigues e Fausto Mota.

Gonçalves realizou ontem um último teste, um “shake down”, para perceber se a condição física iria permitir que participasse no Dakar. Infelizmente confirmou-se o pior cenário, e durante o último teste mais exigente, o piloto português confirmou que as lesões no ombro e joelho durante os testes de preparação impedem-no de participar no Dakar2018.

Relacionadas:

Recorde-se que toda esta situação é resultado de uma queda sofrida por Paulo Gonçalves há duas semanas Paulo Gonçalves quando treinava em São Bartolomeu de Messines, que deixou dores num ombro e magoou uma perna. Depois de consultar especialistas médicos em Portugal e Barcelona foi decidido que após o ‘shakedown’ seria tomada a decisão final sobre a participação ou não na 40ª edição do Dakar.

Assim, e ainda antes do Dakar2018 começar, a comitiva portuguesa nas motos fica reduzida a apenas dois pilotos: Joaquim Rodrigues (Hero) e Fausto Mota (KTM).

Para o lugar de Paulo Gonçalves, e de acordo o website chileno Mundo Rally, a Honda já terá informado a jovem promessa chilena, Ignacio Cornejo, de apenas 23 anos, que esteja preparado para arrancar para este Dakar com a equipa oficial da Honda.

Deixe o seu comentário