Preço da gasolina e gasóleo aumenta devido ao biocombustível

Lei europeia obriga subida de 7% para 10% a presença de biocombustíveis. Para cumprir meta o preço dos combustíveis terá de subir

0 aos 100 06/01/2020 Noticias

Em 2020, Portugal terá de elevar de 7% para 10% a incorporação de biocombustível no gasóleo ou gasolina, o que vai levar a um aumento do preço. O gabinete do ministro do Ambiente e da Ação Climática confirma que haverá aumentos com a mudança da taxa de incorporação, adianta o Público (acesso condicionado), mas serão inferiores a um cêntimo por litro.

As contas da Associação Portuguesa de Empresas Petrolíferas (Apetro), todavia, apontam para um número maior. O gasóleo aumentará um cêntimo por litro e a gasolina ficará mais cara 1,5 cêntimos por litro, diz o secretário-geral da Apetro, António Comprido.

Veja ainda:

A estes valores acrescente o IVA, pelo que, no final, a fatura poderá subir até cerca de dois cêntimos por litro na gasolina e até 1,5 cêntimos no gasóleo, disse o mesmo responsável.

aumento da incorporação é uma obrigação europeia, que deriva de uma diretiva aprovada por Bruxelas em 2009, que tem em conta o contributo do recurso ao etanol e ao biodiesel para baixar as emissões de gases com efeito de estufa. O prazo apontado era de 2020, mas Portugal deveria ter atingido a meta dos 10% em 2019.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente
Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva