Desportivos a Diesel. Audi S6 Limousine, S6 Avant e S7 Sportback já têm preços

S6, S6 Avant e S7 Sportback, agora equipados com motor TDi 'mild hybrid'

0 aos 100 03/01/2020 Noticias

A Audi já está a aceitar encomendas para os inéditos S TDi “mild hybrid” equipados com compressor elétrico: S6 Limousine, S6 Avant e S7 Sportback. Os preços arrancam nos 109.010 euros para o S6 Limousine, nos 111.920 euros para a S6 Avant e nos 116.510 euros para o S7 Sportback.

Os novos "S", pela primeira vez a gasóleo, combinam um motor Diesel V6 3.0 TDI de 349 cv e um binário máximo de 700 Nm, acoplado a uma caixa automática tiptronic de oito velocidades. Está associado a um compressor elétrico, de um sistema elétrico de 48V (MHEV), que consiste num gerador e uma bateria de iões de lítio com 10 Ah de capacidade, instalada debaixo do piso da mala.

Veja ainda:

O gerador está ligado à cambota. Nas desacelerações, o sistema consegue recuperar até 8 kW (11 cv) e, com essa energia, alimentar a bateria. O sistema mild hybrid permite a função start & stop abaixo dos 22
km/h. Este sistema permite uma poupança de combustível de 0,4 l/100 km e possibilita andar até 40
segundos “em roda livre”, com o motor a combustão desligado.

Todos os S TDI têm homologação segundo a norma Euro 6D. Os valores WLTP para o S6 Limousine TDI incluem consumo combinado de combustível de 7,8 l/100 km e emissões combinadas de CO2 de 203 g/km; no S6 Avant TDI o consumo combinado de combustível é de 7,9 l/100 km e as emissões combinadas de CO2 são de 206 g/km); o S7 Sportback TDI apresenta um consumo combinado de combustível de 7,9 l/100 km e emissões combinadas de CO2 de 206 g/km.

Este trio de modelos desportivos “eletrificados” surgem equipados com sistema de tração integral quattro com diferencial autoblocante, suspensão desportiva S com controlo de amortecimento, eixo traseiro direcional e travões em cerâmica.

Por fora, o S6 distingue-se pelo lábio dianteiro a imitar alumínio, difusor traseiro específico que sustenta as quatro ponteiras de escape e aplicações em cromado preto. Já o S7 Sportback beneficia ainda de entradas de ar maiores, saias mais pronuncidas, uma grelha redesenhada, capas dos espelhos especiais e jantes de 20 polegadas de série.

No interior, destaque para as aplicações em alumínio escovado, painel de instrumentos digital com mostrador S, pedais em aço inoxidável e soleiras das portas como logótipos S.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Toyota Yaris 1.5 híbrido. Espécie evoluída
Nissan Juke 1.0 DIG-T N-Design: Perfil ganhador