Alpine de regresso. A 110 vai custar 66 mil euros

Edição de lançamento limitada a 1955 unidades. Sabe porquê?

Miguel Costa 20/12/2017 Noticias

A Alpine está de regresso. A edição de lançamento do A110, denominada Prémiere Edition e limitada a 1.955 unidades (em alusão à sua fundação) terá um preço, em Portugal, de 66.000 euros. A nível técnico, destaque para a carroçaria em alumínio, para a suspensão de duplos triângulos e para o motor turbo, com uma potência de 252 cavalos, montado em posição central traseira.

Com apenas 1080 kg, o A110 promete oferecer uma experiência de condução verdadeiramente única e recuperar a filosofia que fez da Alpine uma das marcas que mais saudades deixou junto dos entusiastas de carros desportivos.  

Pois bem, ela está de regresso com o A110, que traz um motor de 1.8 litros, com quatro cilindros, injeção direta e turbocompressor, desenvolve uma potência máxima de 252cv às 6.000 rpm, com 320 Nm de binário logo a partir das 2.000 rpm. Está associado a uma transmissão de dupla embraiagem Getrag de sete velocidades.

A relação potência/peso (4,3 kg/cv), juntamente com a função launch control (controlo de arranque), permitem que o A110 acelere até aos 100 km/h em 4,5 segundos. A velocidade máxima está eletronicamente limitada a 250 km/h.

Para estes números contribui o baixo peso de 1080 kg, para o que contribui os componentes da suspensão em alumínio, bancos desportivos superleves Sabelt (cada banco pesa apenas 13,1 kg) e travões Brembo, que integram o travão de estacionamento na pinça traseira principal e cuja utilização é uma estreia mundial. Só isto permite poupar 2,5 kg.

O facto do depósito de combustível estar situado imediatamente atrás da linha do eixo dianteiro contribui para distribuição de peso 44:56 do A110. O espaço de arrumação dianteiro, de 100 litros, é suficiente para duas malas de cabine lado a lado, enquanto o compartimento de arrumação traseiro, de 96 litros, permite arrumar dois capacetes integrais mais um saco de viagem.

O condutor conta com três modos de condução à disposição: Normal, Sport e Track. Quando o condutor muda de modo, parâmetros como a resposta de aceleração, a assistência da direção, a rapidez das passagens de caixa, o som do escape e a ação do controlo de estabilidade são adaptados, para proporcionar uma experiência de condução mais viva, empolgante e emocionante. O ecrã TFT digital de 10 polegadas, integrado no painel de instrumentos, também muda consoante o modo de condução.

O A110 Première Edition, edição especial, dispõe de uma lista de opções onde apenas é possível escolher uma das 3 cores: Alpine Blue (azul), Noir Profond (preto) e Blanc Solaire (branco nacarado).

Todos os exemplares estão equipados com jantes em alumínio forjado de 18 polegadas, um escape desportivo ativo, sistema áudio Focal, pormenores interiores em fibra de carbono, pedais em alumínio escovado, bancos desportivos Sabelt com acabamentos em pele e uma placa Première Edition numerada na consola central.

David Twohig, Engenheiro-Chefe da Alpine, afirma: “O A110 Première Edition é uma oferta única no segmento e, evidentemente, é fiel ao ADN da Alpine. Estou orgulhoso por termos conseguido redescobrir muitas das qualidades que tornaram a condução dos primeiros Alpine tão boa, só que com o conforto, o desempenho e a segurança dos tempos atuais.”

As versões convencionais do A110 deverão chegar ainda antes do final do ano, com preços que deverão arrancar nos 50 mil euros. Esperam-se ainda versões mais potentes, com mais de 300cv.

Dados técnicos Alpine A110 Première Edition

Tipo  de combustível: Gasolina

Tipo  de motor: 1.8l, 4 cilindros., 16 v, turbocomprimido

Potência  máxima: 252 Cv às 6.000  rpm

Binário  máximo: 320 Nm às 2.000  rpm

Arquitetura: Motor central  traseiro, tração traseira

Tipo caixa de velocidades: Dupla embraiagem,  cárter húmido, 7 velocidades

Peso  em vazio (DIN): 1103 kg

Relação  potência/peso: 4,3 kg / Cv

Depósito  de combustível: 45 litros

Capacidade  do porta-bagagens dianteiro: 100 litros

Capacidade  do porta-bagagens traseiro: 96 litros

Jantes  e pneus: 205/40R18  (frente), 235/40R18 (trás)

Velocidade  máxima: 250 km/h

Aceleração: 0-100 km/h em 4,5  segundos

Consumo  de combustível (combinado NEDC): 6,1 litros/100 km

Emissões: 138 g/km CO2

Deixe o seu comentário