Último McLaren Senna vendido por 2,2 milhões de euros

Dinheiro do leilão reverte a favor do Instituto Ayrton Senna

Miguel Costa 15/12/2017 Noticias

A última das 500 unidades do McLaren Senna foi vendida por dois milhões de libras (cerca de 2,2 milhões de euros) – antes de impostos - num leilão num evento exclusivo para clientes da marca.

O valor (cerca de três vezes o preço “normal” do McLaren Senna com este exemplar “guardado” da lista de clientes até este leilão reverterá a favor do Instituto Ayrton Senna, organização sem fins lucrativos para ajudar crianças e jovens no Brasil.

“Angariar esta quantidade de dinheiro para o Instituto Ayrton Senna é um resultado maravilhoso para a nossa colaboração com a McLaren Automotive”, sublinhou Viviane Senna, irmã do falecido Ayrton Senna e mãe do piloto Bruno Senna.

Este superdesportivo preparado para ser utilizado em pista, mas que está homologado para circular em estrada, viu as 500 unidades que serão produzidas, “despachadas” em menos de 4 dias.

O motor é um V8 biturbo de quatro litros, com 800 cavalos de potência e 800 Nm de binário. Pesa menos de 1.200 quilos e, por isso, é o McLaren de estrada mais leve desde o icónico F1.

O chassis é fabricado em fibra de carbono, tal como todos os painéis da carroçaria, esculpidos da forma mais aerodinâmica possível para tornar este Senna o mais eficiente em pista.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'
Teste ao Usado. Mercedes-Benz CLA Shooting Brake 180d AMG: Fazer tudo bem não é para todos...