Este é o novo Nissan Juke

Primeiras imagens da segunda geração do crossover nipónico. Chega em novembro

0 aos 100 03/09/2019 Noticias

Dez anos depois de surpreender tudo e todos com o seu desenho ousado, o Nissan Juke está de regresso com uma segunda geração que promete superar a antecessora (e a concorrência) em todos os aspectos.

O desenho, para o agrado de muitos e desilusão de alguns, segue os traços da primeira geração, adotando uma linha atlética, com destaque para a dianteira, onde salta à vista a grelha em V e a continuidade das óticas circulares, agora complementados por uma nova assinatura superior em forma de Y.

Por outro lado, as óticas recuadas (posicionadas em cima do capot) foram substituídas por luzes diurnas em LED com formato rasgado e posicionamento próximo das óticas principais. 

Com 4,21 metros de comprimento, 1,59 m de altura e 1,80 m em largura, o novo Juke é 7,5 centímetros mais comprido, 3,5 cm mais largo e 3,0 cm mais alto. É também 23 kg mais leve que a geração anterior. O aumento das dimensões refletem-se no interior, com 5,8 cm adicionais de espaço para os joelhos dos ocupantes do banco traseiro, enquanto a bagageira ganhou 20% na capacidade, para interessantes 422 litros.

No interior, o ecrã central passa a ser "flutuante", ao "saltar" para o topo da consola central, que passa a ter três saídas de ventilação circulares. A consola central continua a ser elevada e mantém o desenho inspirado no depósito de combustível das motos.

Quanto à mecânica, para já, o novo Juke só estará disponível com um motor de injeção direta a gasolina 1.0 DIG-T de 117cv. Este bloco surge associado a uma caixa manual de seis velocidades ou, em opção, uma automática de dupla embraiagem de 7 velocidades com patilhas no volante e selector de modos de condução (situado na consola central) que oferece três modos distintos: Eco, Standard e Sport.

As primeiras entregas estão previstas para o final de novembro, mas as encomendas devem abrir dentro de algumas semanas. Em Espanha, os preços arrancam nos 19.900 euros para o nível de equipamento Visia.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente
Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva