Miguel Oliveira classifica tentativa de ultrapassagem de Zarco como 'suicida'

Piloto da KTM oficial provocou a queda de Miguel Oliveira em Silverstone, no GP da Grã-Bretanha

0 aos 100 25/08/2019 Desporto

Miguel Oliveira não ficou nada satisfeito com a forma como Johann Zarco o tentou ultrapassar no GP da Grã-Bretanha e considera que foi "uma tentativa suicida". "Era impossível terminar de outra forma", diz o piloto português, em entrevista à SportTV, que caiu na sequência da investida do colega de marca na KTM. "Fiquei surpreendido, por ser um dos colegas com quem partilho marca", acrescenta.

Zarco está na formação oficial e foi a grande aposta da marca austríaca. A temporada, no entanto, está a correr mal ao francês, que, inclusivamente, já anunciou a saída da KTM, no final do ano. Miguel Oliveira avalia o momento e, apesar de considerar que são coisas que acontecem nas corridas, conclui que "dá para perceber que há qualquer coisa que não está bem na cabeça dele".

Veja ainda:

Curiosamente, Zarco disse, antes do GP da Grã-Bretanha, que estava com a "mente limpa". Miguel saúda o facto de não ter havido consequências físicas e revela que "ele pediu desculpa". "A minha equipa está chateada, mais do que eu", completa.

Em declarações publicadas no site da Tech3, o diretor da equipa, Hervé Poncharal, não disfarça o mal-estar: "O Johann [Zarco] pediu desculpa, a mim e ao Miguel, mas é algo que ainda não consegui digerir. Não estou nada feliz, mas, infelizmente, faz parte das corridas".

Com a desistência no GP da Grã-Bretanha, que acontece 34 provas depois da última, em setembro de 2017, Miguel Oliveira perdeu duas posições no Campeonato do Mundo de MotoGP, baixando de 15.º a 17.º, com 26 pontos.

A próxima prova é o GP de São Marino, a 15 de setembro.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Teste ao Usado: BMW 520d Touring. Elegância é isto!
Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'