Na Alemanha há um Tesla que já ultrapassou os 900 mil km

150 euros em pastilhas de travão a cada 400.000 km

0 aos 100 17/07/2019 Noticias

Quanto mais quilómetros percorra um automóvel, mais fiável será. Pelo menos essa é a percepção que todos temos. É verdade que a manutenção faz muito, mas carros com mais de um milhão de quilómetros ainda são casos isolados. E se falarmos de carros elétricos, ainda são mais raros. Mesmo assim, há um Tesla Model S na Alemanha que está muito perto de alcançar a barreira de um milhão de quilómetros. Um grande feito para um carro elétrico e uma marca jovem como a Tesla.

Na conta @TelsaMiles, no Twitter, é possível acompanhar o percurso dos proprietários de modelos Tesla que mais quilómetros percorrem. A lista é, atualmente, liderada pelo alemão Hansjörg Gemmingen (@gem8mingen) e o seu Tesla Model S P85+, que já alcançaram a marca dos 900.000 km.

Gemmingen reconhece, contudo, que a Tesla trocou por uma vez a bateria, assim como o carregador, ambos ainda na garantia. De facto, a garantia da bateria permanecerá em vigor até 2021.

Quanto a manutenção, em resposta a um utilizador que acabou de pagar 1.200 euros por trocar os discos dianteiros e pastilhas de travões no seu Porsche, Hansjörg Gemmingen fala de 150 euros em pastilhas de travões a cada 400.000 km.

Veja ainda:

Por enquanto, Gemmingen está entusiasmado com a Tesla. E tem outro Tesla, um Roadster de primeira geração (o primeiro Tesla a ser lançado), que está na terceira posição em termos de quilometragem, com pouco mais de 600.000 km.

Outro Tesla que merece atenção, como aponta o Fóruns Electric Cars, é o quarto classificado. Um Model X 90D que conta já com 598.000 quilómetros e manteve a sua bateria original até aos 512.000 quilómetros. O mais impressionante é que faz diariamente 800 km pelas estradas quentes da Califórnia e Nevada, com até 4 recargas rápidas todos os dias nos Superchargers.

A realidade é que os Model S e Model X têm vindo a demonstrar ser bastante fiáveis e duradouros, pelo menos em termos de duração da bateria. O que gostaríamos de ver é como são os acabamentos interiores destes carros depois de 300.000 km ou meio milhão de quilómetros. Algo muito importante num carro premium.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Pub
Toyota Yaris 1.5 híbrido. Espécie evoluída