Este é o novo Renault Captur

Primeiras informações oficiais sobre a segunda geração do SUV compacto. Estreia motor híbrido Plug-in

0 aos 100 03/07/2019 Noticias

Está oficialmente apresentada a segunda geração de um dos mais importantes modelos da Renault, o Captur, o SUV compacto mais vendido na Europa, com 1,2 milhões de unidades vendidas desde o seu lançamento, em 2013.

Esteticamente, não há uma revolução de design, mas sim um claro seguimento das linhas que fazem a identidade da marca, embora o Captur surja visivelmente mais atlético e dinâmico.

O novo Captur é, de resto, 110 mm mais comprido que o antecessor, algo que se reflete no espaço atrás (mais 17mm para as pernas para quem viaja no banco traseiro), enquanto a bagageira cresceu 81 litros, para um total de 536 litros.

Uma das curiosidades do novo Captur encontra-se no capot em alumínio e a tampa da mala em plástico para ser mais leve.

Veja ainda:

O interior é praticamente decalcado do novo Clio, com alguns detalhes (saídas de ventilação, por exemplo) a diferenciar-se do utilitário. O ecrã no topo da consola pode ter 7 ou 9,3 polegadas, dependendo da versão. Algumas versões contam com o sistema de modos de condução Multisense (Eco e Sport). 

Quanto a tecnologias, destaque para o cruise control adaptativo, com função Stop&Go, Lane Centering, que mantém o veículo no centro da faixa de rodagem, e tecnologia semiautónoma (de nível 2), denominada Highway & Traffic Jam Compagnion.

A plataforma CMF-B, estreada no novo Clio, permite-lhe acomodar uma mecânica híbrida E-Tech Plug-in, que combina um motor 1.6 a gasolina, um elétrico e uma bateria de 9,8 kWh para uma autonomia em modo elétrico de até 45 quilómetros.

De resto, estarão disponíveis três motores a gasolina - 1.0 TCe de 100cv, 1.3 TCe de 130cv e 1.3 TCe de 155cv – e dois a Diesel, ambos 1.5 dCi, com 95 e 115cv.

Existem 90 combinações possíveis de cores à disposição, entre 11 tonalidades exteriores, 4 de tejadilho e três packs exteriores, a que se juntam 18 ambientes interiores.

Para já, a Renault ainda não adintou quando é que o novo Captur chega a Portugal, algo que deverá acontecer antes do final do ano. Só por essa altura serão conhecidos os preços e os patamares de equipamento disponíveis.

 

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente
Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva