Miguel Oliveira: 'Queremos mesmo voltar a terminar nos pontos'

Português vai arrancar de 20º após penalização

0 aos 100 29/06/2019 Desporto

Miguel Oliveira colocou como objetivo para o Grande Prémio da Holanda de MotoGP "voltar a terminar nos lugares pontuáveis", depois de se ter qualificado na 17.ª posição - vai arrancar de 20º após penalização por pilotagem irresponsável durante a primeira sessão de qualificação.

"Parece-me que fizemos uma qualificação aceitável. Na última volta lançada senti que tinha um pouco mais de potencial para melhorar o tempo, mas acabou por não dar", sublinhou Miguel Oliveira, que bateu mais uma vez o seu companheiro de equipa na Tech3, o malaio Hafyzh Syahrin (KTM), e o francês Johann Zarco, da KTM oficial.

Oliveira fez a sua melhor volta em 1.33,706 minutos, que lhe valeu um lugar na sexta linha da grelha de partida para a corrida de domingo, a oitava da temporada, a 1,689 segundos do autor da ‘pole position’, o francês Fabio Quartararo (Yamaha).

Acabaria por ser penalizado em três lugares por pilotagem irresponsável durante a primeira sessão de qualificação. "Amanhã vou arrancar de 20° devido a uma penalização, mas confiante de que teremos um final feliz", comentou.

Veja ainda:

"Não é um resultado assim tão mau", vincou o português. "Queremos mesmo voltar a terminar nos pontos (15 primeiros lugares) pelo que arrancar perto de uma dessas posições é um passo importante", disse ainda Miguel Oliveira.

Depois de ter tido acesso a peças novas, nomeadamente um braço oscilante em carbono que os pilotos da equipa oficial já vinham usando há algum tempo, o piloto da Tech3 mostra-se "confiante" para a corrida.

"Espero fazer um bom arranque e trazer para casa o maior número de pontos possível", concluiu.

A corrida está marcada para domingo, às 14:00 locais (13:00 em Lisboa).

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'
Teste ao Usado: BMW 520d Touring. Elegância é isto!