Confirmado: novo Ford Focus ST acelera dos 0 aos 100 km/h em 5,7s

Novo Focus ST está a chegar e o cartão de visita é dado com uma prestação de respeito: 5,7 segundos dos 0 aos 100 km/h

0 aos 100 25/06/2019 Noticias

Doze por cento mais potente. Doze por cento mais rápido. A Ford acaba de desvendar que o novo Ford Focus ST de 5 portas acelera dos 0 aos 100 km/h em 5,7 segundos, sendo 0,8 segundos mais rápido que o modelo da anterior geração.

Alimentado por um bloco EcoBoost a gasolina de 2,3 litros e 280 cv – mais 30 cv do que o anterior Focus ST – esta nova proposta também consegue ser mais rápido a acelerar do que a geração anterior do aclamado Focus RS.

Aplicada ao turbocompressor, a tecnologia do tipo twin-scroll contribui para os 420 Nm, numa resposta mais imediata às solicitações do acelerador, enquanto um sistema anti-lag garante uma entrega mais imediata da potência. A capacidade de passagens de caixa a partir da transmissão de 6 velocidades e o Launch Control* também permitem optimizar a performance em arranque parado.

“O novo Focus ST é muito mais do que simples velocidade em linha reta, demonstrando a capacidade de estar ‘taco-a-taco’ com o agora lendário Focus RS num sprint de quarto de milha, sendo demonstrativo do quanto a equipa da Ford Performance elevou a fasquia nos últimos quatro anos," afirmou Leo Roeks, Diretor da Ford Performance, na Europa. "Inspirámo-nos no supercarro Ford GT, na pick-up F-150 Raptor, no Ford Mustang e no Fiesta ST para desenvolver um Focus ST capaz de nos dar um ‘soco nas costas’ no preciso momento em que se pisa o pedal do acelerador.”

O turbocompressor twin-scroll de baixa inércia do bloco 2.3 EcoBoost do Focus ST gere com maior eficácia os gases de escape, optimizando a energia transferida para a turbina, produzida em maior volume e com uma maior e mais rápida entrega da pressão. Os canais de escape separados transferem as pressões de gases dos cilindros 1 e 4 e dos cilindros 2 e 3, minimizando a interferência do impulso, gerando um fluxo consistente de energia.

Veja ainda:

Por seu turno, a tecnologia anti-lag mantém, eletronicamente, o acelerador aberto até 3 segundos após o condutor aliviar o pedal do acelerador, compensando a inversão do fluxo de ar do turbocompressor, mantendo a velocidade de rotação do compressor.

Com o turbocompressor preparado para uma resposta imediata e mantendo uma pressão positiva no colector de admissão, quando o acelerador está aliviado, a +tecnologia permite uma retoma mais rápida do impulso da pressão e uma combustão optimizada quando o condutor volta a pressionar o acelerador. Para além disso, uma válvula waste-gate do turbocompressor, actuada eletronicamente, permite um controlo mais preciso das pressões do turbo para uma aprimorada performance do motor.

A capacidade flat-shift, de passagens de caixa com o acelerador pressionado, também pode ajudar na entrega de potência em acelerações a partir de arranques parados, emulando automaticamente o sistema anti-lag e mantendo o acelerador aberto quando o condutor alivia a embraiagem nas passagens da caixa, esta de manuseamento curto, numa transmissão de 6 velocidades manual, maximizando a resposta do turbocompressor. 

Adicionalmente, as versões de 5 portas do Focus ST integram a tecnologia CCD (Controlo Contínuo de Amortecimento) que continuamente monitoriza os inputs da suspensão, carroçaria, direcção e travagem, fazendo-o a cada 2 milissegundos, ajustando o amortecimento para uma dinâmica de condução de maior qualidade.

O sistema possui três níveis de amortecimento pré-estabelecidos que apoiam os Modos de Condução do Focus ST: um para os modos “Slippery/Wet”, “Normal”, um segundo para o modo “Sport” e outro para o modo “Track”, que quase duplica a resistência de carga vertical de modo “Sport”*.

O novo Focus ST está disponível, a partir do lançamento, em versões de 5 portas e Wagon, equipados com blocos de 280 cv (EcoBoost de 2,3 litros a gasolina) e 190 cv (EcoBlue de 2,0 litros diesel) associados a transmissões manuais de 6 velocidades. As variantes de 5 portas e Wagon com motor 2,3 EcoBoost e caixa automática de 7 velocidades serão introduzidas no próximo Outono.

Em Portugal, as primeiras unidades chegarão em Julho/Agosto e apenas na versão de 5 portas. As Wagon chegarão mais tarde ao nosso mercado, Setembro/Outubro.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Toyota Corolla Touring Sports TREK, uma carrinha com 'alma' SUV
Mercedes-Benz B 250e: ora elétrico, ora gasolina!