Mercedes terá causado 15 mil euros de danos num Tesla Model X

SUV elétrico foi alugado, desmontado e novamente montado

Miguel Costa 04/12/2017 Curiosidades

Alugar carros das marcas rivais é uma prática corrente na indústria automóvel, afinal as marcas pretendem conhecer de perto aquilo que os seus concorrentes diretos oferecem.

Foi, precisamente, o que a Mercedes-Benz fez, quando alugou um Tesla Model X por sete semanas através da Sixt, possivelmente para avaliar o concorrente direto do futuro SUV elétrico, o EQ, que será lançado em 2019.  

Segundo o Spiegel e o Jalopnik, o Model X pertencia a Monika Kindlein e Manfred van Rinsu - que por sua vez o tinham alugado à "Sixt" - e que quando foi devolvido pela Mercedes vinha com estragos assinaláveis.

O relatório revela que o SUV foi submetido a uma variedade de testes distintos e, em condições extremas, bem como desmontado e montado novamente. O modelo também foi testado em pistas perto de Barcelona, em ​​Espanha, e Sindelfingen, na Alemanha, algo, de resto, proibido no contrato de locação.

Relacionadas:

O Model X sofreu danos significativos e a Sixt admitiu ao "Spiegel" que os donos foram compensados pelos estragos e pela desvalorização do automóvel resultante de um uso impróprio. Contudo, este casal não ficou satisfeito com a quantia que recebeu, já que uma avaliação aos estragos estima que a Mercedes tenha causado estragos de 15.674 euros e que o Model X tenha desvalorizado cerca de 2 mil euros. No total, este casal quer receber 99.392 euros… 

Questionada pelo Jalopnik, a Daimler recusou-se a comentar a história, mas disse que "alugar veículos para fins comparativos é um procedimento comum na indústria automóvel". O porta-voz acrescentou: "Caso os veículos de aluguer sejam danificados no decorrer do período de locação, o procedimento normal de seguro é iniciado e uma liquidação de reivindicação é feita".

Deixe o seu comentário