Mazda elimina os ecrãs táteis porque são potencialmente perigosos

Mazda vai eliminar os ecrãs táteis para evitar distrações durante a condução

0 aos 100 18/06/2019 Noticias

A febre pela digitalização dos painéis dos automóveis pode ter os dias contados. A Mazda vai tornar-se na primeira marca a dizer não de forma taxativa ao movimento pró-ecrãs tateis, pelo menos em parte.

O fabricante japonês decidiu virar as costas aos visores (ou ecrãs) tateis porque, na sua opinião, o seu manuseamento é muitas vezes complicado, tornando-se facilmente numa fonte de distrações ao volante, logo de um acidente.

Para chegar a estas conclusões, foi tido em conta o sistema multimédia do novo Mazda 3. Foi analisado o tempo gasto pelo condutor ao olhá-los e compreendê-los enquanto estava no volante e o que significa olhar primeiro para o ecrã e novamente olhar de novo em direção à estrada.

Um responsável da Mazda North America, Matthew Valbuena, explicou a opção por eliminar a tecnologia "touch": “Nas nossas pesquisas, percebemos que o condutor faz força no volante quando vai tocar no ecrã, saindo da sua trajetória”.

Veja ainda:

O responsável lembra ainda que “quando vamos tocar no ecrã temos de estar a olhar para ele… por isso estamos confortáveis ao retirar a funcionalidade dos ecrãs táteis”.

É por isso que a Mazda defende a eliminação da função tátil dos ecrãs multimédia, algo que já foi implementado no novo “3”. Muitas funcionalidades são substituídas por botões ou mostradores que permitem uma operação mais intuitiva. Além disso, toda a informação é projetada no pára-brisasatravés do head-up display, a fim de minimizar o tempo o tempo necessário para que os olhos se foquem na informação.

Outra alternativa, que também vai ganhando abrangência na indústria automóvel, é o recurso aos comandos por gestos e por voz, uma solução que ganha cada vez mais adeptos até pela forma como ela pode ser combinada com as potencialidades da inteligência artificial, como tem vindo a ser demonstrado por sistemas como o Hey Mercedes e o Hey BMW.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Teste ao Usado: BMW 520d Touring. Elegância é isto!
Teste ao Usado. Mercedes-Benz CLA Shooting Brake 180d AMG: Fazer tudo bem não é para todos...