Ferrari híbrido de 1000 cv terá três motores elétricos e tração às quatro rodas

Ferrari de produção mais potente de sempre tem estreia marcada para o próximo dia 31 de maio

0 aos 100 21/05/2019 Noticias

O novo superdesportivo da Ferrari, que será revelado a 31 de maio, deverá contar com um motor V8 biturbo de 3,9 litros com três motores elétricos, e uma potência de 1000 cv (já confirmado pela marca italiana).

Segundo a Auto Motor um Sport, o motor V8 será o mesmo do F8 Tributo, enquanto os dois motores elétricos estão instalados junto ao eixo dianteiro e o terceiro integrado na transmissão.

A solução permitirá ao superdesportivo, de que ainda não se conhece o nome, ter tração às quatro rodas e torná-lo rápido, antevendo-se que a aceleração de 0 a 100 km/h demore tão-só 2 segundos.

Veja ainda:

A confirmar-se esta última informação, estaremos perante o automóvel de produção mais rápido nos 0-100 km/h, antecipando-se ao Rimac C Two e ao novo Tesla Roadster, que ainda não estão disponíveis. O primeiro poderá, eventualmente, baixar aquele registo para 1,85 segundos e o segundo para 1,9 segundos.

Prevê-se que o preço base se situe nos 600.000 euros – mas uma versão menos potente – supõe-se de 733 cv – ainda em desenvolvimento, terá um preço, digamos mais acessível.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'
Teste ao Usado: BMW 520d Touring. Elegância é isto!