Aston Martin DBS Superleggera, agora sem tejadilho

Simplesmente o descapotável mais rápido alguma vez feito pela Aston Martin. Chega no terceiro trimestre

0 aos 100 24/04/2019 Noticias

A Aston Martin deu a conhecer a variante descapotável do DBS Superleggera, o Volante.

O descapotável mais rápido alguma vez feito pela Aston Martin conta com um motor V12 twin-turbo de 5,2 litros capaz de debitar uma potência de 725cv e 900 Nm de binário máximo.

Está associado a uma transmissão automática de oito velocidades, o que lhe permite acelerar dos 0 aos 100 km/h em 3,6 segundos (menos 0,2 segundos que o Coupé) e dos 0 às 100 mph (161 km/h) em 6,7 segundos. A velocidade máxima mantém-se nos 340 km/h.

"A referência "Superleggera" que identifica o mais recente dos desportivos de Gaydon é uma alusão clara ao "carroçador" italiano Touring, que nomeia as suas carroçarias mais ligeiras desta forma."

Seguindo à risca a tradição, o novo descapotável mantém a opção por uma capota em lona, embora agora de oito (!) camadas, instalada num sistema de accionamento eléctrico que leva cerca de 14 segundos a deixar os ocupantes de cabelos ao vento, e cerca de 16 segundos para fechar e protegê-los das intempéries. Podendo ser operado com o veículo em andamento, desde que a velocidades abaixo dos 50 km/h.

Ainda relativamente à capota, a Aston Martin garante a sua resistência a durabilidade, graças aos intensos testes a que o revestimento foi submetido e que passaram pela realização de mais de 100 mil ciclos em câmaras meteorológicas. Com os quais se procurou simular, no espaço de apenas um mês, cerca de 10 anos de uso.

Veja ainda:

Ao mesmo tempo, a marca britânica garante ainda ter reforçado os pontos estruturais da carroçaria do Volante, para compensar a inexistência de um tejadilho, o que custou 170 kg de acréscimo em relação ao Coupé, para 1863 kg.

O DBS Superleggera Volante é o primeiro Aston Martin a integrar uma moldura do para-brisas com acabamento em fibra de carbono. O mesmo tipo de acabamento pode ser encontrado na cobertura do tejadilho retrátil e na parte de trás dos bancos dianteiros.

O DBS Superleggera Volante tem um preço de 295 mil euros na Alemanha (antes de impostos). As primeiras entregas estão previstas para o terceiro trimestre do ano.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva
DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente