Sabia que também houve um Volkswagen Golf Harlequin?

Sim, a loucura também chegou ao irmão mais velho do Polo.

0 aos 100 10/04/2019 Noticias

Sem dúvida que o Volkswagen Polo Harlequin foi uma das mais excêntricas edições especiais que alguma vez foram feitas. Para alguns (muitos), autêntica aberração com rodas. Para outros, especial, único e exclusivo. O que ninguém tira mérito é que o Polo Harlequin tinha muita personalidade (para muito, até demais...). O que talvez não sabia é que também havia um Volkswagen Golf Harlequin?

Sim, é verdade. Uma versão oficial, pensada, desenvolvida e fabricada pela Volkswagen. Nada de ir ao bate chapa da esquina ou faça você mesmo. Atenção que o Volkswagen Harlequin ainda está na moda em alguns mercados e há pessoas que pintam carros modernos com esta pintura (ou será pinturas?). Já viu o Volkswagen Golf GTI Harlequin do youtuber Salomondrin? É um bom exemplo, para citar um nome conhecido.

Obviamente, todos estes não são oficiais o que tira valor e interesse. Mas o Volkswagen Golf Harlequin chegou a ser produzido em 1996 e hoje vamos contar a sua história, já que provavelmente desconhecia da sua existência, pelo menos não oficialmente.

Relacionadas:

Tudo começou com o conhecido Volkswagen Polo Harlequin. Este modelo nasceu nos anos 90 com um objetivo claro: atrair as atenções para o compacto. As vendas seguiam dentro do previsto e a Volkswagen sacou da manga uma versão inspirada na personagem Harlequin, oriundo da comédia italiana, e as suas indumentárias coloridas.

A ideia passou por combinar quatro cores em diferentes partes do carro e o mais interessante é que, de acordo com o mercado, as cores alternavam. O carro tornou-se imediatamente um sucesso, algo que surpreendeu até a própria Volkswagen, com o Polo Harlequin a assumir-se como como algo diferente e único.

O objetivo inicial era de produzir 1.000 unidades, mas o sucesso foi tal, que acabaram por ser produzidas 3.800 unidades. A estratégia funcionou, mas a Volkswagen não pretendia que a ideia chegasse a outros modelos, mais sóbridos, como o Volkswagen Golf.

E num primeiro momento a Volkswagem manteve-se irredutível aos pedidos que chegavam: as pessoas queriam um Volkswagen Golf Harlequin, mas o conceito não casava com a ideia que a marca alemã tinha para o seu modelo de referência. Mas, houve um mercado que pressionou tanto que, em Wolfsburg, não houve outra opção senão aceitar.

A pressão surgiu dos Estados Unidos, que levou a Volkswagen a produzir 264 unidades do Golf Harlequin, que são, atualmente, de coleção.

O Golf Harlequin chegou aos seus proprietários americanos com um bom nível de equipamento, como o volante colorido MOMO Benetton. Procurando um pouco na internet, existem algumas unidades originais para venda e a verdade é que o preço nem é muito alto.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva
DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente