Se procura um carro em segunda mão, estes são os mais fiáveis

Os carros usados com 100 mil km mais fiáveis

0 aos 100 19/03/2019 Noticias

A fiabilidade, ou falta dela, é um dos pontos que pesa decisivamente no momento de comprar carro usado. Para ajudar na escolha, a revista britânica What Car? elaborou um estudo de fiabilidade para perceber quais os veículos usados mais fiáveis com 60.000 milhas, algo como 96.000 quilómetros.

Os resultados assentam nos dados extraídos de mais de 18 mil automóveis, estabelecendo uma ordem nos mais fiáveis com mais de 60 mil milhas, a partir do número de problemas, nomeadamente na sua gravidade e custos de reparação daí resultantes.

  1. Ford Fiesta gasolina (2008-2017)

Taxa de fiabilidade: 89,9%. Embora 20% dos Fiesta a gasolina tenham tido um problema, tratava-se de avarias menores referentes a carroçaria e eletrónica alheia ao motor. O melhor em fiabilidade e longevidade.

  1. Honda Civic Diesel (2006-2012)

Taxa de fiabilidade: 89,8%. Apenas 15% dos Civic Diesel registaram um problema no primeiro ano, com a bateria à cabeça, seguido pelo sistema de ar condicionado.

  1. Ford Focus diesel (2011-2018)

Taxa de fiabilidade: 89,6%. Apenas 18% dos Focus Diesel tiveram um problema, o mais comum a bateria, seguido pelo motor, sistema de combustível e caixa.

  1. Toyota Avensis (2003-2009)

Taxa de fiabilidade: 89,5%. Apenas 14% dos Avensis tiveram um problema, relacionadas com o motor, eletrónica do mesmo, sistema de combustível ou suspensão. No geral, elevada fiabilidade.

  1. BMW Série 3 (2012-2018)

Taxa de fiabilidade: 88.7%. O número de falhas é de 17 por cento, com a eletrónica não relacionada com o motor a ser a mais comum, incluindo o ar condicionado.

Relacionadas:

  1. Skoda Octavia diesel (2004-2013)

Taxa de fiabilidade: 85,3%. Cerca de 25% dos Octavia Diesel apresentaram problemas, sendo a carroçaria o mais usual, seguido pelo motor e suspensão.

  1. Honda Civic gasolina (2006-2012)

Taxa de fiabilidade: 83,7%. Os piores resultados são nos modelos a gasolina, com 24% a indicarem problemas, sendo o mais comum o da bateria, seguido pela suspensão.

  1. Kia Cee'd (2007-2012)

Taxa de fiabilidade: 83,6%. Pouco mais de 22% de queixas de problemas, com o mais comum a ser de embraiagem/caixa.

  1. Toyota Avensis (2009-2015)

Taxa de fiabilidade: 82,3%. Apenas 19% dos seus utilizadores reportaram algum problema, sendo os mais comuns os de carroçaria e de caixa.

  1. Toyota RAV4 (2006-2013)

Taxa de fiabilidade: 81,9%. Apenas 29% dos clientes reportaram alguma falha, sendo as mais comuns a suspensão ou o sistema de travagem. O tempo de reparação foi geralmente inferior a um dia.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Teste ao Usado. Mercedes-Benz CLA Shooting Brake 180d AMG: Fazer tudo bem não é para todos...
Teste ao Usado: BMW 520d Touring. Elegância é isto!