Shelby GT500 tem mais de 700cv, mas está limitado a 290 km/h

Ford continua a divulgar a 'conta-gotas' os detalhes do Mustang Shelby GT500

0 aos 100 15/03/2019 Noticias

A Ford promete "mais de 700 cv de potência" para o novo Mustang Shelby GT500, simplesmente o Mustang (e o Ford) mais potente de sempre, mas também uma velocidade máxima limitada eletronicamente a “apenas” 290 km/h.

E dizemos "apenas" porque a um modelo com mais de 700 cv exige-se que chegue, pelo menos, aos 300 km/h, até porque comparado com o anterior GT500, perde algo como... 32 km/h.

A Ford justifica a decisão com três razões: aumentar o desempenho em curva, aumento da carga aerodinâmica e mais capacidade de refrigeração para o motor e travões. "Este é o Mustang aerodinamicamente mais capaz que já fizemos", disse Steve Thompson, engenheiro da Ford Performance.

Relacionadas:

Com o pacote “Track Pack” em fibra de carbono, que será um opcional do GT500, a asa traseira será capaz de gerar mais de 225 kg de força descendente à velocidade máxima, quando comparado com os 172 kg com a asa de série.

Outra das preocupações da Ford foi gerar mais capacidade de refrigeração para o motor e travões, sendo que para isso modificou radicalmente a configuração da dianteira, que aumenta a capacidade de refrigeração do GT500 em 30% por comparação com o Shelby GT350.

Por confirmar está a potência do motor V8 sobrealimentado de 5.2 litros do Mustang Shelby GT500. A Ford já confirmou que terá "mais de 700 cv de potência", número que faz dele o Mustang de produção mais potente de sempre.

O "problema" maior deste GT500 nem é propriamente a velocidade máxima (ou até o preço, que ainda não foi divulgado) mas que, tal como acontece com o "irmão" Shelby GT350, também não será vendido na Europa.

Deixe o seu comentário