Novo sistema anti-roubo da Toyota utiliza gás lacrimogéneo

Criado para dar fragrâncias diferentes para cada condutor, o fabricante japonês quer transformar o ambientador numa arma contra os assaltantes

0 aos 100 13/03/2019 Curiosidades

A derradeira solução anti-roubo pode estar no ambientador. A Toyota registou a patente de um sistema que liberta uma espécie de gás lacrimogéneo quando o veículo deteta uma tentativa suspeita de arranque ou não reconheça o condutor.

O dispositivo faz parte de um sistema de fragrâncias para o ambientador, através do qual pode escolher o tipo de cheiro que será extraído pelas saídas de ar. É uma tecnologia que pode ajudar a limpar o interior do automóvel de todos os odores desagradáveis, mas também se pode tornar incómodo se o uso for prolongado.

A diferença está no modo como reconhece automaticamente quem entra no veículo através de uma aplicação móvel. Logo de seguida, a tecnologia liberta o cheiro preferido do condutor.

Quando o condutor sair do veículo, o sistema lança uma espécie de desodorizante que neutraliza o odor, de forma a que a próxima pessoa que entrar no carro não sinta o cheiro libertado para o utilizador anterior.

Como o sistema é construído de forma a detetar os ocupantes, se verificar que existem indícios de o motor ter sido ligado de forma ilegítima, poderá lançar o gás em vez do perfume e afugentar o possível ladrão.

Relacionadas:

Deixe o seu comentário