Alfa Romeo Giulietta SZ resgatado de uma cave vendido por 567 mil euros

Com apenas 217 exemplares fabricados, o Giulietta SZ não é apenas um dos Alfa Romeo mais bonitos de todos os tempos, é também um dos mais procurados. Então imagine porque a descoberta de um exemplar de 1962 numa cave em Turim, Itália, é uma grande notícia

0 aos 100 03/02/2019 Curiosidades

Este achado é um dos mais impressionantes dos últimos anos, porque além das caraterísticas peculiares da descoberta, é um dos mais raros Alfa Romeo Giulietta SZ que foram fabricados nos anos 60 e que, apesar do tempo "esquecido", encontra-se impecável e completamente original.

O veículo foi descoberto em novembro passado na cidade de Turim, depois da morte do proprietário, que não deixou herdeiros. Desta forma, o governo italiano ficou com todas as suas propriedades, que como sempre foram leiloadas. Quando a casa foi inspecionada, o Alfa Romeo foi descoberto na cave, e alcançou impressionantes 567.000 euros em leilão.

Notável é também o estado do modelo, uma vez que este exemplar de 1962 nunca foi restaurado e apresenta-se praticamente como novo, mantendo tanto a carroçaria intacta como o motor e a transmissão originais.

A razão para este Alfa Romeo encontrar-se neste estado é precisamente o que faz deste achado tão especial, uma vez que esteve escondido durante os últimos 35 anos na cave de onde teve de ser resgatado, e a razão é igualmente peculiar.

Relacionadas:

Este exemplar pertencia a um mecânico, que ironicamente não sabia como consertar o elevador que dava acesso à cave, por isso esta unidade passou tantas décadas sem ver a luz do sol. Em vez de se arranjar o elevador, o resgate teve que ser feito com um guindaste, como pode ser visto nas imagens.

Uma vez fora e removida a espessa camada de pó que o cobria, descobriu-se que este desportivo assinado pela Zagato estava em estado impecável e também completamente original. Portanto, é uma das melhores unidades que se pode encontrar do modelo, do qual apenas 217 foram fabricadas.

Com um peso de apenas 785 kg e um motor 1.3 de 100cv, o Giulietta SZ era capaz de ultrapassar os 200 km/h, superando na época carros de competição equipados com motores muito maiores.

Deixe o seu comentário