745e, o novo BMW Série 7 de ligar à tomada

Série 7 híbrido troca motor de quatro cilindros por um seis cilindros para oferecer cerca de 400cv e até 58 km de autonomia em modo elétrico

0 aos 100 01/02/2019 Noticias

A BMW reforça a gama do novo Série 7 com o lançamento do 745e (antes 740e), a versão híbrida Plug-in (de ligar à tomada) do topo de gama germânico, o qual estará disponível em três variantes: 745e (carroçaria de dimensões “normais”), 745Le (versão longa), e 745Le xDrive, sinónimo de tração integral.

Independentemente da variante, o motor é sempre o mesmo, um 6 cilindros em linha a gasolina (substitui o quatro cilindros 2.0 turbo a gasolina do 740e) que debita 285cv (210 kW), a que se junta um novo motor elétrico integrado na transmissão automática Steptronic de 8 velocidades e que entrega outros 113cv (83 kW).

Dito de outra forma: uma potência combinada de 394cv (290 kW) e 600 Nm de binário máximo, embora os novos 745e alcancem estes números apenas quando ativado o modo de condução Sport.

É capaz de acelerar dos 0 aos 100 km/h em apenas 5,2 segundos, mais 0,1 segundos no caso da variante longa, e desce para 5,1 segundos no caso do 745 Le xDrive de tração às quatro rodas. Em todos, a velocidade máxima está limitada eletronicamente a 250 km/h.

Relacionadas:

Os novos 745e estreiam ainda um novo conjunto de baterias de lítio de 12 kWh, posicionadas debaixo do banco traseiro, e que permitem uma autonomia máxima em modo elétrico de entre 50 e 58 km (antes 37 e 40 km), dependendo da variante escolhida.

Quando selecionado o modo de condução Electric, os novos 745e serão capazes de circular em modo elétrico até uma velocidade máxima de 140 km/h.

Quanto aos consumos, a marca da hélice anuncia médias combinadas (ciclo NEDC equiparado ao WLTP) entre os 2,1 e os 2,6 l/100 km (nos primeiros 100 km), dependendo da versão escolhida.

Na consola central, o botão eDrive permitirá ao condutor escolher entre três opções para configurar o comportamento do sistema híbrido plug-in: Hybrid, Electric e Battery Control, com o qual o condutor poderá fixar e guardar nas baterias uma percentagem de energia, para utilização mais tarde em modo exclusivamente EV. Conta ainda com um

O novo Série 7 híbrido de ligar à tomada estará disponível a partir da primavera e contará com as mesmas opções do resto da gama, incluindo pacote M Sport Package, que inclui o novo parachoques mais agressivo e jantes de maiores dimensões.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'
Teste ao Usado. Mercedes-Benz CLA Shooting Brake 180d AMG: Fazer tudo bem não é para todos...