BMW vai restaurar o primeiro 'M5' não oficial

Primeiro modelo desenvolvido pela BMW Motorsport, antes mesmo do primeiro BMW M oficialmente reconhecido

0 aos 100 16/12/2018 Noticias

A BMW da África do Sul vai restaurar um Série 5 de 1977 muito especial. Trata-se do 530 MLE (de Motorsport Limited Edition), o primeiro verdadeiro “M" (mas não oficial) a entrar em produção, dois anos antes do M1, o primeiro “M” oficial.

Foram produzidos 110 exemplares na especificação Tipo 1, em 1976, e 117 exemplares na especificação Tipo 2, em 1977. A BMW ficou tão impressionada com a procura que decidiu construir um lote extra do 530 MLE.

O 530 MLE foi desenvolvido especificamente para a homologação do modelo numa categoria especifica de corridas na África do Sul através de dois carros de competição Série 5 E12.

Relacionadas:

O motor era um seis cilindros em linha de 3.0 litros preparado pela Motorsport para debitar 200 cv e 277 Nm. Os números parecem modestos para os dias de hoje, mas ao acelerar de 0 a 100 km/h em 9,3 segundos, tornava-se no mais rápido dos Série 5. A velocidade máxima chegava aos 208 km/h.

A carroçaria tinha elementos em alumínio para reduzir o peso. O fabricante chegou a fazer furos em alguns painéis metálicos para reduzir ainda mais o peso. Todas as 227 unidades eram brancas com faixas coloridas da M, além de um spoiler dianteiro e traseiro.

Restauro pela BMW

O chassis adquirido pela BMW é o de número 770100, ou seja, o 100º carro da segunda fase de produção. A BMW conseguiu localizar funcionários que trabalharam na construção dos modelos nos anos 70 para ajudar no restauro. O exemplar em causa pertenceu ao piloto de corridas e ao diretor da equipa de corridas, Peter Kaye-Eddie.

A evolução do resturo poderá ser seguida nas redes sociais da BMW através da hashtag #BMW530MLE.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Mazda3 1.8 Skyactiv-D 116cv Evolve: Direto ao topo
Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'