Carro voador cai na primeira tentativa de voo

Piloto que seguia no WD-1 foi levado para o hospital

0 aos 100 15/12/2018 Noticias

O carro voador construído pela Detroit Flying Cars ficou destruído depois de uma queda durante a primeira tentativa de voo, realizada esta sexta-feira, no aeroporto Willow Run, no Michigan, EUA. 

O WD-1 foi projetado para ser um carro que pudesse circular na estrada com a particularidade de, em poucos segundos, acionar uma asas que permitissem o voo a mais de 200 km/h.

O protótipo voava a muito baixa altitude, quando de forma inesperada caiu no solo. O piloto foi transportado para o hospital da Universidade do Michigan, desconhecendo-se para já o seu estado clínico.  

 

Relacionadas:

Equipado com um motor de 101cv, o WD-1 anuncia uma autonomia em modo avião de 400 milhas (643 km) e uma velocidade de cruzeiro de 125 mph (201 km/h).

No modo carro, o WD-1 é alimentado por um motor elétrico de 54cv. Tem uma autonomia de 80 km/h, antes que o motor a gasolina, que serve de gerador, seja ligado para recarregar a bateria em andamento.

A Federal Aviation Administration já está a investigar as causas do acidente.

 

Deixe o seu comentário