Porsche 911 híbrido só em 2020

Nova geração foi projetada com vista a eletrificação, mas Porsche ainda não acredita nas baterias atuais

0 aos 100 03/12/2018 Noticias

A Porsche confirmou oficialmente que a nova geração do 911, com o nome de código 992, terá uma versão híbrida. Contudo, o primeiro 911 híbrido só deverá ser lançado em 2022, quatro anos depois do lançamento da nova geração.

Segundo a britânica Auto Express, a nova geração do 911 já foi projetada para a eletrificação. Mas, ao contrário, do Panamera e Cayenne híbridos, o 911 utilizará a eletricidade para aumentar a performance.

Relacionadas:

Assim, o 911 deverá contar com um sistema de recuperação de energia que aproveitará os gases do escape e um eixo dianteiro elétrico. A solução permitirá tração integral e redução do consumo de combustível. As baterias serão de iões de lítio, embora mais modernas.

Porsche e o caso das baterias

Um dos motivos para o atraso é que a Porsche ainda não acredita na qualidade das baterias atuais. Por isso, a marca alemã vai aguardar pelo desenvolvimento da tecnologia. Aliás, a Porsche admite a possibilidade de que nem mesmo em 2022 o 911 híbrido seja lançado.

Segundo o responsável do projeto do 911, August Achleitner, a decisão de hibridizar o desportivo surgiu depois do início dos testes com o Taycan, a berlina elétrica da Porsche. O que é certo é que a marca ainda não está pronta para lançar um 911 elétrico ou híbrido.

Deixe o seu comentário