Miguel Oliveira melhora mais de 1 segundo: 'Sei muito melhor como tirar partido da mota'

Piloto português terminou último dia de testes a apenas 0,057 segundos do seu companheiro de equipa

0 aos 100 29/11/2018 Desporto

Miguel Oliveira melhorou em mais de um segundo o tempo registado no circuito espanhol de Jerez de la Frontera, onde esta quinta-feira concluiu o segundo de dois dias de testes de pré-temporada de MotoGP.

O piloto português conseguiu o seu melhor registo na última das 61 voltas efetuadas ao longo do dia com a KTM RC16, rodando em 1.40,577 minutos, menos 1,053 segundos do que no primeiro dia.

"No final tentámos melhorar um pouco mais o tempo por volta. Foi um passo significativo no tempo, face ao que aconteceu quarta-feira, e isso deixa-nos mais contentes. A distância para o primeiro classificado já se reduziu bastante", disse Miguel Oliveira, sublinhando que a equipa "ficou com uma ideia clara do que é preciso melhorar já para os testes de Sepang, na Malásia, em fevereiro".

O almadense terminou o dia a 2,632 segundos do mais rápido, o japonês Takaaki Nakagami, numa Honda, mas a apenas 0,057 segundos do seu companheiro de equipa, o malaio Hafizh Syahrin.

Relacionadas:

"A adaptação foi muito mais rápida. Mesmo com os pneus usados rodei num ritmo bastante bom e isso deixa-me bastante feliz. Sei muito melhor como tirar partido da mota. Neste momento regulo-me um pouco pela distância de tempo para os outros pilotos da KTM. Estou a menos de um segundo do [francês Johan] Zarco e fiz o mesmo tempo que o meu companheiro de equipa, que já tem um ano de experiência", referiu, fazendo "um balanço muito positivo destes quatro dias de testes".

Miguel Oliveira aproveitou estes dois dias para trabalhar "a entrega de potência" e a estabilidade, para além de continuar a adaptação ao estilo de condução das MotoGP, que "requer muito mais o uso do travão de trás".

Os pilotos voltam à ação no dia 01 de fevereiro, na Malásia.

Deixe o seu comentário