E-Mona, o carregador móvel da Skoda

Será esta a solução para os carros elétricos sem carga?

0 aos 100 15/11/2018 Noticias

A Skoda apresentou um projeto inédito para estender a carga de um veículo elétrico além dos pontos de carga fixos. Este serviço permite recarregar um carro elétrico em qualquer lugar sem ter que deslocar-se a um carregador físico.

O projeto, denominado pela Skoda de E-Mona, consiste num serviço gerido através de uma aplicação em que o proprietário de um veículo elétrico solicita um carregador portátil, independentemente de onde esteja, inserindo a sua localização e o momento em que é mostrada a hora de chegada do dito carregador.

Estes carregadores surgem montadas num reboque a uma bicicleta (zero emissões, claro está), que é levada por um funcionário de serviço que se desloca ao local onde o cliente solicitou.

Terminado o carregamento, o pagamento é feito através de cartão de crédito introduzido na aplicação, em tudo semelhante aos métodos de pagamaneto dos serviços de partilha de carros.

Relacionadas:

Atualmente este serviço encontra-se em testes na cidade de Praga, na República Checa, e apenas para proprietários de veículos de utilização partilhada. Futuramente, a Skoda pretende estender o serviço aos proprietários individuais de carros elétricos.

O carregador consiste num pacote de 12 baterias GeenPack, cada uma com capacidade de 1,4 kWh (16,8 kWh ao todo), localizadas num reboque que está ligado a uma bicicleta.

A vantagem deste carregador é que as baterias são portáteis, portanto, uma vez esgotada a carga, podem ser desacopladas e substituídas por outro pacote com carga para continuar a fornecer o serviço ininterruptamente.

Além disso, este serviço conta com uma série de adaptadores, dependendo da tomada do veículo, além de incluir o cabo de carregamento. A potência deste carregador permite que a capacidade de 16,8 kWh seja transferida para o veículo em aproximadamente 4 horas.

A escolha da bicicleta para o transporte das baterias portáteis é justificada pela facilidade na deslocação pelas ruas citadinas. A empresa garante que a partir do momento em que o serviço é solicitado até à sua chegada o tempo não excede os 30 minutos,

Deixe o seu comentário