Volkswagen vai contratar 300 pessoas para centro de inovação em Lisboa

Grupo está a contratar 300 profissionais em Portugal.

0 aos 100 06/11/2018 Noticias

A Volkswagen inaugurou esta terça-feira um novo centro de desenvolvimento de software em Lisboa, que levará à contratação de 300 especialistas em Tecnologias de Informação (TI), sem revelar o valor do investimento.

Em comunicado, a marca alemã avançou que o novo centro vai "desenvolver software sobretudo para os ecossistemas digitais e processos corporativos internos do grupo", sendo a terceira estrutura do género dentro do grupo e a primeira fora da Alemanha (as outras são em Wolfsburgo e em Berlim).

Na inauguração do centro esteve o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, e o presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, entre outros convidados.

Do total de 300 especialistas que serão contratados para este centro, "principalmente no mercado de trabalho português", um terço deverá trabalhar em serviços baseados na 'cloud' [nuvem] especificamente para o setor dos veículos comerciais para a MAN Truck & Bus", refere o comunicado da empresa.

"Enquanto localização de TI, a área metropolitana de Lisboa conta com uma administração com afinidade por matérias digitais, uma rede estreitamente vinculada de startup e empresas tecnológicas e um ambiente académico de elevadodesempenho com diplomados altamente qualificados", lê-se no documento.

Martin Hoffman, responsável da construtora automóvel alemã para a área de TI, referiu que "o desenvolvimento de software para novos serviços digitais vai tornar-se uma competência fundamental para a Volkswagen".

As equipas que trabalham nestes centros concentram-se em "serviços de valor acrescentado para os ecossistemas digitais das marcas, como os serviços "We" da Volkswagen Passenger Cars. Estruturas relevantes para a segurança, incluindo as necessárias para a autenticação de perfis de clientes para esses serviços ou a encriptação de bases de dados, são também desenvolvidas", referiu a Volkswagen.

Deixe o seu comentário