Opel investigada por suspeitas de fraude nos motores Diesel

Autoridades alemãs investigam alegada fraude relacionada com possível manipulação de emissões nos Diesel

0 aos 100 15/10/2018 Noticias

A Opel está a ser investigada na Alemanha por suspeitas de utilização de um dispositivo de manipulação de emissões poluentes nos motores a gasóleo. As investigações estão a decorrer esta segunda-feira (15 de outubro) nas fábricas de Rüsselsheim e Kaiserslautern (Alemanha).

Em julho, o ministério alemão dos Transportes anunciou uma investigação oficial contra a Opel sobre três modelos equipados com motores Diesel Euro 6. Em causa os modelos Zafira, Insignia e Cascada.

Relacionadas:

O tabloide Bild afirmou que a agência federal KBA, que supervisiona o setor automóvel na Alemanha, tinha "indícios sólidos" sobre a existência de um sistema de gestão do escape em alguns modelos a Diesel da Opel.

O jornal afirma ainda que as investigações agora a decorrer procuram encontrar indícios de "manipulação ilegal" dos softwares instalados em 95.000 veículos construídos entre 2012 e 2017.

Em comunicado enviado à AFP, a Opel garante que os seus automóveis "respeitam as normas em vigor".

<blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt"><p lang="de" dir="ltr">

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'
Teste ao Usado: BMW 520d Touring. Elegância é isto!