Durou pouco o Bentley Bentayga Diesel

Primeiro Bentley Diesel… será também o último

0 aos 100 04/10/2018 Noticias

A Bentley decidiu abandonar a comercialização da versão Diesel do Bentayga com efeitos imediatos.

A razão é simples: a mudança de paradigma quanto aos motores a gasóleo, com as mudanças nas legislações de emissões, especialmente depois do escândalo das emissões.

“Nos últimos meses, o contexto político e legislativo relativo aos motores Diesel mudou radicalmente na Europa, e começou a prefigurar-se uma mudança significativa sobre a aceitação dos carros a gasóleo”, explica Bentley.

Relacionadas:

“Esses fatores, juntamente com a recente introdução do novo Bentayga V8, e ainda a nossa decisão estratégica de focar-nos na eletrificação no futuro próximo, levaram-nos a tomar a decisão de comercializar apenas versões a gasolina do nosso SUV nos mercados europeus, a partir de setembro de 2018”, acrescenta a marca britânica.

O Bentley Bentayga Diesel, o primeiro automóvel com este tipo de motorização na marca de luxo britânica, começou a ser vendido em 2016 e dispõe de V8 de 4 litros, com 435 cv. O consumo médio anunciado é de 7,9 l/100 km e as emissões de CO2 de 210 g/km.

Apesar desta decisão, o Bentayga Diesel continuará disponível em treze mercados do planeta, numa lista que inclui nações como a Austrália, África do Sul e Rússia.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Teste ao Usado. Mercedes-Benz CLA Shooting Brake 180d AMG: Fazer tudo bem não é para todos...
Teste ao Usado: BMW 520d Touring. Elegância é isto!