Mazda confirma regresso do motor rotativo

Motor Wankel servirá de extensor de autonomia para veículos elétricos

0 aos 100 02/10/2018 Noticias

A Mazda confirmou oficialmente que vai lançar em 2020 dois veículos elétricos, um dos quais com um extensor de autonomia, sob a forma de um “pequeno” motor rotativo. O plano faz parte do seu programa “Sustainable Zoom-Zoom 2030”, de desenvolvimento tecnológico a longo prazo.

Segundo a Mazda, o extensor de autonomia irá recarregar a bateria sempre que necessário, permitindo aumentar a autonomia do veículo, eliminando os níveis de ansiedade inerentes a esta solução, que ainda continua a preocupar uma elevada percentagem de utilizadores de Veículos Eléctricos a bateria.

“A pequena dimensão e a elevada potência do motor rotativo possibilitam a adopção de múltiplas soluções tecnológicas de electrificação através de um layout partilhado”, explica a marca nipónica.

Relacionadas:

O extensor de autonomia rotativo foi projectado para, também ele, queimar gás liquefeito de petróleo e, desta forma, “tornar-se numa fonte de energia eléctrica, em casos de emergência”.

O último modelo equipado com motor rotativo foi o Mazda RX-8, que foi produzido entre 2003 e 2012. Estava equipado com dois rotores rotativos de 654cc (1,3 litros), capazes de debitar 231 cavalos às 8200 rpm e 211 Nm de binário às 5500 rpm.

Deixe o seu comentário