Oficial: BMW Z4 desvendado. Chega na primavera

O regresso ao tejadilho em lona e promessa de uma dinâmica superior. Partilha plataforma e mecânica com o igualmente regressado Toyota Supra

0 aos 100 23/08/2018 Noticias

Depois de muitas semanas de segredos mal guardados, que inclusivamente terminaram num desvendar antecipado, eis que, finalmente, o novo Z4 foi oficialmente apresentado. Confirmando, desde logo, muitos dos atributos mecânicos já aguardados, como é o caso do novo motor seis cilindros em linha biturbo de 3 litros, com 340cv, do M40i.

Esta versão, a mais potente do Z4 e a única até ao momento revelada, promete uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em escassos 4,6 segundos e uma velocidade máxima (limitada) de 250 km/h.

As imagens mostram aquilo que ainda não se tinha visto do novo Z4, a dianteira e o tejadilho, em lona (um regresso depois do rígido retrátil da última geração), depois de há cerca de uma semana terem sido divulgadas, supostamente, de forma oficiosa, imagens da traseira e do interior.

elacionadas:

Neste caso destaque para o painel de instrumentos totalmente digital, semelhante ao estreado no Série 8 Coupé, e a consola central, com o comando do iDrive e o seletor da caixa de velocidades (automática).

O novo Z4, de resto, promete uma dinâmica superior, com diferencial traseiro autoblocante e uma suspensão desportiva rebaixada com amortecedores controlados eletronicamente.

“O conceito do novo Z4 é voltado consistentemente para a agilidade e para condução dinâmica”, expllica Jos van As, diretor do departamento de Aplicação da Suspensão, acrescentando que “o elevado nível de rigidez do chassis e a suspensão muito rígida fornecem a base perfeita para uma configuração que garante as qualidades de desempenho de um carro desportivo genuíno”.

De referir ainda que esta terceira geração do Z4, que chega às estradas na primavera de 2019, partilha plataforma, suspensões e motorizações com o igualmente regressado Toyota Supra.

Deixe o seu comentário