Miguel Oliveira: 'O que pensar? É chato perder assim. Deixei tudo na pista'

Piloto português lamenta ter perdido o GP da Áustria na última curva. É agora segundo no mundial de Moto2

0 aos 100 12/08/2018 Desporto

Miguel Oliveira terminou este domingo em segundo lugar o Grande Prémio da Áustria em Moto2, depois de um enorme duelo pela liderança com Francesco Bagnaia, que acabou por conseguir roubar a vitória ao português, na última curva.

O piloto português, que arrancou do segundo lugar da grelha de partida, manteve-se durante praticamente toda a corrida no primeiro lugar, acabando por perder a liderança na última curva.

"Como achas que me sinto?", respondeu com um sorriso triste quando questionado como se sentia depois daquela última volta. "É chato perder assim, mas foi uma boa corrida. Dei tudo na pista, sabia que o Bagnaia era melhor do que eu no terceiro sector mas na última volta tentei fechar a minha linha. No entanto, ele ultrapassou-me na última curva", constatou o piloto da Red Bul KTM Ajo. "Tentei na última curva, mas não foi possível ultrapassar. De qualquer das formas, estou super contente e as coisas correram bem. Teremos outras corridas", afirmou o piloto português.

Relacionadas:

Miguel Oliveira está agora em segundo lugar no campeonato de Moto2, a três pontos de Francesco Bagnaia.

Classificação do Mundial de Moto2
1.º Francesco Bagnaia (Itália), 189 pontos
2º Miguel Oliveira (Portugal), 186
3.º Alex Márquez (Espanha), 113
4.º Brad Binder (África do Sul), 111
5.º Lorenzo Baldassarri (Itália), 106

Resultados do GP Áustria
1.º Francesco Bagnaia (Itália), Kalex, 37.45,914 minutos
2º Miguel Oliveira (Portugal), KTM, a 0,264 segundos
3.º Luca Marini (Itália), Kalex, a 5,953 segundos
4.º Mattia Pasini (Itália), Kalex, a 6,114 segundos
5.º Jorge Navarro (Espanha), Kalex, a 8,554 segundos

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Teste ao Usado. Mercedes-Benz CLA Shooting Brake 180d AMG: Fazer tudo bem não é para todos...
Teste ao Usado: BMW 520d Touring. Elegância é isto!