Primeiro McLaren Senna entregue

Primeiros 1400 km foram feitos na companhia de três outros McLaren Senna, um 720S e um 600LT

0 aos 100 27/07/2018 Noticias

A McLaren entregou a primeira das 500 unidades que produzirá do Senna, o superdesportivo que presta homenagem ao lendário piloto de Fórmula 1.

O Senna 001 foi entregue ao empresário londrino David Kyte pelo CEO da McLaren, Mike Flewitt. Assim que recebeu as chaves, o empresário arrancou para uma viagem de mais de 1400 km rumo ao sul de França, acompanhado por três outros McLaren Senna, um 720S e um 600LT.

O “comboio”, que inclui o piloto Bruno Senna, o diretor de operações da McLaren, Dr. Jens Ludmann, e o diretor da linha de veículos McLaren Ultimate Series, Andy Palmer - já chegou ao Circuito Paul Ricard, perto de Marselha, onde Kyte participará da experiência de pilotagem da Pure McLaren, que terá lugar este fim de semana.

"Entregar a chave do primeiro McLaren Senna é uma honra para mim e um marco para a empresa", disse o CEO da McLaren, Mike Flewitt. "David Kyte é um entusiasta de longa data da McLaren com uma verdadeira paixão pela nossa marca e um número de McLaren’s que provam isso."

O Senna 001 conta com vários detalhes de personalização da MSO, com destaque para a pintura bicolor ou as referências a Ayrton Senna - assinatura na porta, os anos em que foi campeão mundial de Fórmula 1 gravados no pedal do acelerador e o traçado do circuito de Interlagos na dianteira.

Relacionadas:

A McLaren diz que só a pintura levou mais de 600 horas para ser concluída, com dois especialistas em pintura a dedicar duas semanas para "mascarar" o carro antes da pintura ser aplicada.

O interior também foi aprimorado pelas Operações Especiais da McLaren segundo as exigências de Kyte, com o revestimento MSO Bespoke em preto Alcantara complementado por costura de diamante nos assentos e o logotipo Senna 'S' bordado em cada apoio de cabeça, tudo em Harissa Red. As chaves são em carbono tingido de vermelho.

"Comprometi-me a comprar um McLaren Senna assim que soube que a McLaren estava a desenvolver o carro - muito antes do nome ser confirmado”, contou David Kyte.

O Senna conta com um V8 biturbo de quatro litros, com 800 cavalos de potência e 800 Nm de binário. Pesa menos de 1.200 quilos e, por isso, é o McLaren de estrada mais leve desde o icónico F1.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Teste ao Usado. Mercedes-Benz CLA Shooting Brake 180d AMG: Fazer tudo bem não é para todos...
Teste ao Usado: BMW 520d Touring. Elegância é isto!