Piloto de testes bate com Pagani à saída da fábrica

Próximo da fábrica da AMG, em Affalterbach

Luis Neves 26/06/2018 Noticias

Um protótipo de testes do Pagani Huayra despistou-se perto da fábrica da AMG, em Affalterbach, na Alemanha.

Segundo o Stuttgarter-Zeitung, o condutor de 37 anos perdeu o controlo do supercarro italiano quando abandonava uma zona de obras numa estrada perto de Affalterbach.

Uma imagem partilhada pelas autoridades locais mostra o Huayra “enfiado” numa vala, parcialmente escondido por árvores e arbustos. Como só foi divulgada uma imagem, é difícil quantificar os danos sofridos.

Relacionadas:

Contudo, é possível ver que este Huayra estava equipado com o pacote aerodinâmico Tempesta, que se distingue essencialmente por difusor traseiro excepcionalmente agressivo - o "kit" custa 183 mil euros.

É também importante dizer que estava coberto por uma camuflagem quase inteiramente composta por códigos QR.

O facto do acidente ter acontecido perto da base da AMG em Affalterbach sugere que o protótipo poderia testar novos componentes mecânicos da empresa alemã, o que significa que o Huayra poderá beneficiar em breve de alguns melhoramentos no motor AMG.

No início do ano, o fabricante italiano confirmou que o sucessor da Huayra, previsto para a próxima década, continuará a utilizar o motor V12 de 6,0 litros com turbocompressor fornecido pela AMG. Em 2025, a Pagani deverá apresentar um segundo modelo, desta vez movido em exclusivo por motores elétricos.

Deixe o seu comentário