Fórmula E. Renault sai, entra a Nissan

Troca acontecerá no final da quarta época, em julho de 2018

Miguel Costa 25/10/2017 Noticias

A Renault anunciou que vai abandonar a Fórmula E no final da quarta temporada, para concentrar recursos nos seus ambiciosos objetivos na Fórmula 1. Em seu lugar surgirá a Nissan.

A Renault confirmou esta quarta-feira, 25 de outubro, a sua retirada da Fórmula E no final da quarta época, em julho de 2018. A equipa Renault e.dams conquistou, em 2017, o terceiro campeonato consecutivo de FE e prepara-se para iniciar a quarta época na disciplina.

Thierry Koskas, Diretor Comercial do Grupo Renault, declara que «enquanto pioneiros no mercado dos veículos elétricos, aprendemos bastante na FE no que toca a desempenhos e a gestão da energia. E os nossos clientes beneficiam, diretamente, dessa aprendizagem. Depois da quarta temporada iremos concentrar os nossos recursos na Fórmula 1, para a qual temos objetivos bastante ambiciosos».

«Graças à Aliança, os nossos engenheiros poderão partilhar os dados que irão beneficiar todas as marcas. E diversificar as estratégias para a competição, favorecendo todas as marcas dos programas desportivos de cada uma delas, é um dos elementos que nos são oferecidos pela Aliança», acrescenta Thierry Koskas.

Face ao alto nível competitivo desta disciplina, a Renault e a Nissan vão trabalhar, em conjunto, para assegurar que a transição tire partido do know-how e dos desenvolvimentos existentes.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'
Ensaio ao Mazda3 1.8 Skyactiv-D 116cv Evolve: Direto ao topo