Rapide AMR. Fibra de carbono e muito 'músculo'

A derivação mais radical e exclusiva da berlina de quatro portas da Aston Martin

0 aos 100 13/06/2018 Noticias

A Aston Martin Racing (AMR) apresentou a sua última criação, o Rapide AMR, a derivação mais radical e exclusiva da berlina de quatro portas da Aston Martin. Só 210 unidades serão produzidas, com as primeiras entregas previstas para o quarto trimestre deste ano.

Aproveitando a experiência acumulada na competição, e apostando em edições limitadas, para clientes especiais, a AMR dotou o Rapide de uma carroçaria verdadeiramente de competição, repleta de fibra de carbono.

No coração do Rapide AMR continua o eterno V12 atmosférico da Aston, mas com potência aumentada para 603 cv (+44 cv). O binário máximo permanece nos 630 Nm.

Relacionadas:

Devido a este acréscimo de rendimento, a aceleração dos 0 aos 100 km/h baixou 0,2 segundos para 4,2 segundos, enquanto a velocidade máxima sobe de 327 km/h do Rapide S para os 330 km/h.

O aumento de potência é acompanhado por uma menor altura ao solo (menos 10 mm) e sistema de travagem reforçada, com discos em carbono-cerâmica com pinças de seis pistões à frente e de quatro pistões na traseira.

Atrás saltam à vista as quatro enormes ponteiras de escape, com a Aston Martin a garantir “um som estridente adequado ao emblema AMR". As jantes em alumínio forjado são de 21 polegadas.

No interior, a berlina apresenta uma consola central em fibra de carbono que percorre todo o comprimento do veículo. Os bancos desportivos são em couro e alcantara, contrastante com uma faixa em verde lima.

Os preços arrancam nas 194,950 libras, no Reino Unido, ou 229.950 euros, na Alemanha.

Deixe o seu comentário