Novo BMW X5 já sem disfarces. Coisas da internet…

Primeiras imagens já circulam na internet. Chega em novembro

Luis Neves 05/06/2018 Noticias

A internet volta a ser palco da revelação antecipada de um novo modelo. Desta feita, o protagonista é o novo BMW X5, que já pode ser visto na íntegra e sem camuflagem.

O novo “panzer” de Munique chega em novembro com uma nova plataforma, uma imagem aperfeiçoada, muita tecnologia, novas versões e, pela primeira vez, uma linha off-road, para os mais aventureiros.

Por fora, o primeiro dos SUV da BMW (primeira geração foi lançada em 1999) segue a imagem de família dos outros modelos, destacando-se a grelha de maiores dimensões e as óticas mais rasgadas, à imagem dos novos Série 5 e X2.

É, de resto, maior que a anterior geração, em todos os níveis, a começar com o comprimento (mais 36 mm), mas também na largura (66 mm) e em altura (mais 19 mm). Também a distância entre-eixos cresceu: 42 mm.

Utiliza a plataforma modular CLAR (a do Série 7), mais leve em até 50 kg, beneficiando a dinâmica, mas também emissões e consumo de combustível. Estreia um pacote de equipamento off-road, que permite ao X5 uma maior aptidão no fora de estrada e que inclui proteções do escape e cárter e dois sistemas de suspensão ativa que alteram a altura ao solo em até 40 mm e contam com modos de utilização: "Areia", "Pedras", "Gravilha" e "Neve".

Cada modo altera o funcionamento do sistema de tração integral xDrive, atuando sobre a resposta do acelerador e a caixa automática de oito velocidades. 

Relacionadas:

O interior é completamente novo, com dois ecrãs de 12,3 polegadas - um para o painel de instrumentos e outro para o sistema de infoentretenimento - fundidas numa única unidade que adota o sistema operacional iDrive 7.0.

A consola central foi simplificada ao máximo, o ar condicionado tem dois pequenos ecrãs, enquanto o botão iDrive mantém-se junto ao seletor da caixa de velocidades. 

A oferta mecânica ainda não foi revelada, algo que deverá acontecer apenas no Salão de Paris, em outubro, mas deverá incluir um motor de quatro cilindros e 2.0 litros com 252cv, um 3.0 de 340 cv, um V8 de 4,4 litros e um X5 M com 600 cv. É de esperar mais que uma versão híbrida Plug-in e motorizações Diesel com potências entre os 231 e os 400cv.

A produção arranca já em agosto na fábrica de Spartanburg, nos Estados Unidos. O Salão de Paris deverá permitir ao público a oportunidade de ver pela primeira vez o modelo ao vivo, devendo as encomendas iniciarem-se por essa ocasião. As primeiras entregas deverão ocorrer em novembro.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Teste ao Usado. Mercedes-Benz CLA Shooting Brake 180d AMG: Fazer tudo bem não é para todos...
Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'