OFICIAL: Citroen despede Kris Meeke

O violento despiste em Amarante foi a gota de água para a Citroen

0 aos 100 24/05/2018 Desporto

O violento despiste que protagonizou no Rali de Portugal foi a gota de água para a Citroen. A Citroën Racing anunciou no Twitter o despedimento de Kris Meeke, cinco dias após o piloto ter sido protagonista de um violento acidente no Rali de Portugal.

A formação francesa justifica o despedimento precisamente com "o excessivo número de acidentes, alguns dos quais particularmente duros".

"Não foi uma decisão fácil de tomar, porque afeta um piloto e um co-piloto, mas é largamente fundamentada em questões de segurança, que devem ser a minha preocupação enquanto diretor da equipa", justificou Pierre Budar, da Citroen.

Meeke, de 38 anos e que ocupava o oitavo lugar no Mundial de Ralis, já, em 2017, ficou fora do Rali da Polónia por decisão da Citroen Racing, para "uma pausa", como foi justificado na altura pela equipa. Agora foi a gota de água.

A decisão torna-se efetiva a partir do Rali da Sardenha e em breve a equipa de pilotos para o que resta da temporada de 2018 será anunciada. As inscrições dos C3 WRC para Craig Breen / Scott Martin e Mads Ostberg / Torstein Eriksen ainda se destinam à Sardenha. 

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva
DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente