VÍDEO: o violento despiste de Kris Meeke

O violento despiste e o estado em que ficou o Citroen de Kris Meeke

0 aos 100 19/05/2018 Desporto

Kris Meeke, vencedor do Rali de Portugal em 2016, não guardará, certamente, boas recordações desta edição, porque depois dos problemas com pneus com que se debateu na sexta-feira, este sábado acabaria, de forma inglória, fora de estrada. O piloto da Citroen despistou-se com algum aparato na primeira passagem pela classificativa de Amarante e o seu navegador, Paul Nagle, explicou o sucedido:

“Saímos um pouco largo de um gancho lento à esquerda, o C3 apanhou terra solta e deslizou para fora da estrada, contra as árvores. O Kris foi ao hospital para ser observado, como faz parte do protocolo de segurança, mas dentro em breve estará aqui, no Parque de Assistência. Foi um pequeno erro sem consequências físicas. O carro é que ficou um pouco pior. Quanto a nós, estaremos prontos para a Sardenha”.

 

Na frente segue Thierry Neuville, em Hyundai i20 WRC. O piloto belga tem 39,8 segundos de vantagem sobre Elfyn Evans (Ford Fiesta) e 57,2 segundos sobre Dani Sordo (Hyundai i20), terceiro.

Seguem-se o Ford Fiesta WRC de Teemu Suninen, a 1m01,9s, e o melhor dos Toyota Yaris WRC, o de Esapekka Lappi, a 1m13,0s. A diferença entre o terceiro classificado e o quinto é de apenas 15.8 segundos, o que promete uma animada luta nas cinco especiais que realizam amanhã.

O ainda líder do Mundial de Pilotos, Sébastien Ogier (Ford)  voltou ao Rali de Portugal em Super Rali nester sábado depois da desistência de ontem conseguindo vencer a última especial do dia. 

Entre os inscritos no Campeonato de Portugal de RalisArmindo Araújo foi o vencedor do Rali de Portugal, superando Miguel Barbosa apenas na última das doze especiais inscritos no Nacional realizaram.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente
Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva