Cinto de segurança defeituoso: Seat recolhe Ibiza e Arona

Seat aconselha clientes a não usar o assento central em ambos os modelos

0 aos 100 13/05/2018 Noticias

A Seat Portugal anunciou a recolha do Ibiza (modelo de 2017 e 2018) e do Arona (2018) devido a um defeito nos cintos de segurança dos bancos traseiros.

A operação terá início nas próximas semanas e os clientes que são proprietários de unidades daqueles dois modelos “receberão uma carta para organizar a verificação nos Seat Service oficiais”, informando a empresa que a “a verificação e a implementação da solução técnica são gratuitas”.

Esta anomalia também afeta o Volkswagen Polo, devido à partilha de componentes no Grupo VW, com a marca alemã a anunciar igualmente a recolha de mais de 400 mil carros às oficinas na Europa, desconhecendo-se para já quantas unidades serão afetadas em Portugal.

O grupo alemão recomenda, por isso, que não seja utilizado o lugar central do banco de trás enquanto o carro não for reparado.

A Seat, por sua vez, explica que “há a possibilidade de o cinto de segurança do lugar da esquerda ser inadvertidamente liberto em raras situações (por exemplo, mudanças súbitas de faixa de rodagem com cinco passageiros a bordo) e quando o assento central traseiro e o assento traseiro esquerdo estão ocupados ao mesmo tempo”.

A Seat esclarece ainda que “novo Ibiza e o Arona estão legalmente homologados e são seguros de conduzir; no entanto, a marca aconselha os seus clientes a não usar o assento central em ambos os modelos, enquanto estes não estiverem equipados com o redesenhado dispositivo de bloqueio do cinto”, pode ler-se em comunicado.

No mesmo documento, o fabricante espanhol refere que “está a contactar as autoridades competentes para obter a sua validação final a fim de implementar a respetiva solução, tanto em viaturas que estejam já no mercado como na futura produção”.

Deixe o seu comentário